sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

À Volta com a Economia: Saiba quanto ganham os banqueiros do BCE



Saiba quanto ganham os banqueiros do BCE


Banco Central Europeu (BCE) gastou com pessoal de 184,6 milhões de euros. O presidente Mario Draghi encaixou mais de 374 mil euros. Já o vice-presidente, o português Vítor Constâncio, recebeu em 2012 um salário de 320.688 euros.


O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, ganhou no ano passado mais de 374 mil euros. Já o vice-presidente do BCE, o português Vítor Constâncio, recebeu em 2012 um salário de 320.688 euros, o segundo valor mais alto.

Antes de partir para Frankfurt, em 2010, Vítor Constâncio era o governador do Banco de Portugal, cargo no qual recebia cerca de 250 mil euros anuais. Segundo notícias da imprensa portuguesa, datadas de 2009, Constâncio era na altura o terceiro líder de um banco central mais bem pago do mundo, apenas atrás dos governadores dos bancos centrais de Hong Kong e de Itália.

Tal como Vítor Constâncio e os restantes membros do conselho executivo do BCE, Mario Draghi beneficiou de um aumento salarial de 0,8% face a 2011. Segundo dados avançados pela agência noticiosa Europa Press, Draghi tem ainda direito uma residência oficial que é propriedade da instituição que define a política monetária na Zona Euro.

O italiano ganhou, em 2012, um pouco mais do que o seu homólogo do Banco de Inglaterra, Mervyn King (350.997 euros), enquanto o presidente da Reserva Federal dos Estados Unidos da América, Ben Bernanke, recebeu um salário de 151.288 euros.

Em termos gerais, no ano passado, o BCE apresentou gastos com pessoal de 184,6 milhões de euros, que incluem salários, outros gastos sociais, prémios de seguros e gastos diversos com funcionários.

Este valor representa uma subida homóloga de 6,6% face aos 173,1 milhões de euros registados nesta rubrica em 2011.

Em 2012 e em 2011, o aumento salarial dos membros do conselho executivo do BCE foi de 0,8%, depois de terem beneficiado de aumentos de 2% em 2010, de 2,5% em 2009 e de 1,9% em 2008

Fonte: EXPRESSO Online

Sem comentários:

Enviar um comentário