terça-feira, 26 de junho de 2012

À Volta com a Vida: Alunos do Minho são (outra vez) campeões mundiais de robótica (Alguma coisinha boa!)



Alunos do Minho são (outra vez) campeões mundiais de robótica


Os alunos da Escola Secundária de Amares, distrito de Braga, voltaram a sagrar-se campeões mundiais de robótica, no RoboCup. Esta é a terceira vez consecutiva que a equipa ESA Robots traz para Portugal o ouro dos escalões mais jovens do Mundial de Robótica.

Para além desta, estiveram em prova mais vinte equipas portuguesas, seis delas em competições destinadas a estudantes universitários e quinze em competições Júnior, que englobam alunos do ensino básico e secundário (divididos consoante tenham mais ou menos de 14 anos). Este ano havia participantes com idades a partir dos 8 anos.

No futebol robótico sub 19, a Escola Profissional Cenatex também se sagrou tricampeã mundial e no escalão do ensino básico destacaram-se o Agrupamento de Escolas de São Gonçalo, de Torres Vedras, que trouxeram para casa alguns prémios.

A prestação do grupo de Amares no RoboCup 2012, que decorreu a semana passada na Cidade do México, é relatada num comunicado enviado ontem à imprensa pela escola, onde se lê que "os alunos venceram todas as provas que disputaram na sua liga".

Na prova individual apresentaram robôs "que construíram e programaram inspirados pelo tema dos Jogos Olímpicos", encontrando-se entre eles uma réplica da mascote da competição que "captou o interesse dos fotógrafos e participantes do evento", lê-se na nota aos meios.

Estes robôs integram sensores e servomotores programados para, de forma autónoma, interagirem com os alunos durante a sua apresentação. Na prova das Super-Equipas, uma prova lançada durante o RoboCup 2012, os alunos de Amares trabalharam em conjunto com alunos de Macau (China) e do México, tendo preparado os seus robôs para uma nova apresentação em apenas 24 horas. Para vencer esta prova foi determinante a experiência acumulada em participações anteriores, contam os responsáveis pelo grupo.

O grupo, que já tinha vencido as edições de 210, em Singapura, e 2011, na Turquia, é constituído essencialmente por alunos dos cursos profissionais da área de Informática (Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos e Técnico de Programação de Sistemas Informáticos) e por dois professores.

Na edição deste ano daquele que é considerado o maior evento mundial de robótica, estiveram presentes cerca de 3.000 participantes, vindos de mais de 30 países. Uma das presenças nacionais habituais na competição é a Cambada, campeã nacional de futebol robótico, mas cuja prestação na edição deste ano do RoboCup ainda não foi divulgada no seu site.

Fonte: SAP Online

Sem comentários:

Enviar um comentário